P.A.R.T.Y. São José realiza primeira atividade de 2018 com estudantes de medicina

Primeira edição do P.A.R.T.Y. São José em 2018 reuniu estudantes de medicina

A primeira edição do núcleo P.A.R.T.Y. em São José dos Campos reuniu no dia 19 de fevereiro, cerca de 30 universitários da Humanitas – Faculdade de Ciências Médicas de São José. No encontro, realizado no Hospital Municipal, os estudantes receberam orientações sobre como as escolhas irresponsáveis no trânsito podem interferir ou mudar para sempre a história de pessoas e de suas famílias.

A iniciativa, que visa prevenir traumas causados por acidentes de trânsito na juventude, foi aprovada pelos alunos. “Não imaginava que São José dos Campos tinha um trabalho como esse. Gostei muito”, disse a estudante Maria Eugênia Freitas, 20 anos.

“A partir de hoje vou me preocupar muito mais com todos em trânsito, inclusive com quem está me esperando em casa”, afirmou a estudante Nara Maria Chaves, 18 anos.

O grupo de futuros médicos participou de um bate-papo com profissionais da Saúde e da Mobilidade Urbana da Prefeitura, Polícia Militar, por meio do programa Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências), polícias rodoviárias Federal e Estadual.

Além das palestras, os estudantes também participaram de visitas à área de atendimento do Hospital Municipal e ao Centro de Reabilitação Lucy Montoro, onde puderam vivenciar as consequências de um acidente de trânsito com vítimas em tratamento.

“Ver o que acontece é diferente aqui no hospital. É muito impactante. A gente não imaginava”, afirmou a estudante Carolina Maciel, 17 anos.

No fim da atividade, os alunos ainda presenciaram o depoimento de um jovem, vítima de acidente de trânsito, que hoje vive em uma cadeira de rodas em função das lesões.

O programa

O programa P.A.R.T.Y.  surgiu no Canadá há mais de 30 anos e está no Brasil desde 2008, quando foi implantado em Ribeirão Preto (SP). A partir daí se expandiu para outras duas cidades paulistas, Sorocaba e Campinas, além de Vitória (ES). Em 2013, o programa tornou-se P.A.R.T.Y. Brasil, vinculado à SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

São José é a primeira cidade do Vale do Paraíba a integrar o P.A.R.T.Y.  Brasil. Lançado no município em junho de 2017, o programa já reuniu mais de 350 estudantes, entre 16 e 18 anos, em oito encontros. Escolas públicas e particulares de São José dos Campos foram contempladas pelas ações coordenadas pela Prefeitura.

Estatística

No ano de 2016, quase 50% das vítimas com traumas de trânsito, encaminhadas ao Hospital Municipal, tinham entre 14 e 29 anos. Em comparação a 2017, os atendimentos às vítimas nesta faixa etária registraram queda de 9%, mas os jovens continuam representando mais de 40% do total das vítimas de trânsito.

Confira galeria de  imagens da edição de 19/02

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s